fernahh.

Primavera

Porra, Fernahh, mais um blog?

Tenho certeza absoluta que todos que me conhecem há tempos devem estar se fazendo essa pergunta. Mais um, sim, mais um blog que faço em meus 20 anos de vida. Mas esse é diferente e é isso que vou explicar agora. É muita mão ter um blog hoje em dia e é justamente por isso que fiz um pessoal.

“What? Como assim?”, Calma lá.

A maior justificativa de eu ter criado um blog pessoal é pela necessidade de escrever e/ou compartilhar coisas legais na internet. As redes sociais já não fazem minha cabeça. Não consigo mais acompanhar o que rola lá, como fazia uma vez. Não me sinto a vontade de escrever aqueles mini-textos no Facebook. Não gosto de floodar o Twitter com justificavas para convencer as pessoas de ouvirem algo, escutar, ler, assistir… Enfim, a saída foi criar um blog pessoal.

O que vai rolar aqui

Coisas que eu gosto, que tenho vontade de postar no Facebook, no Twitter, porém, coisas que não cabem lá.

Por que eu vou acessar esse blog?

Sei lá, cara.

Aos programadores haters

Não quis fazer um theme com Wordpress porque acho demais para algo que só eu vou gerenciar, por isso optei por usar o Jekyll. Também não quis programar uma ~~plataforma porque não tenho tempo pra algo do tipo.

Usei técnicas de design fluído para funcionar em diferentes resoluções. Ainda quero fazer ele responsivo, com imagens adaptativas, mobile first, etc… mas ainda não é o caso (leia-se falta de tempo).

Ainda tem coisas inacabadas. Quero refazer o CSS, implementar uma busca, entre outras melhorias.

Estou com ele no ar porque já satisfaz minhas necessidades, o resto serão features.

Se você estiver tão incomodado ou ser gente fina mesmo, pode me ajudar, o projeto está no Github.

Com certeza farei posts sobre a mini-jornada pra desenvolver o blog, só não sei quando vou escrever.

Aos designers haters

Eu não sou designer, não sei desenhar e por isso fiz esse layout tosco. Me preocupei em usar uma tipografia que fique fácil de se fazer a leitura e só.

Conclusão

Tem muito trampo pra deixar o blog redondinho, mas ele está funcional. Quero que tenham paciência e caso contrário, vão à merda.

Bem é isso. Até logo.